image O que são Native Ads e como eles atraem tráfego Qualificado para seu site ou blog image Boas práticas de Landing Page para E-Commerce: da captação à conversão

10 Gatilhos Mentais para despertar a necessidade de compra do Cliente

Indiscutivelmente, não há divergência quanto ao principal objetivo de qualquer estratégia de marketing digital moderna: gerar mais leads e convertê-los em clientes.

Entre algumas das principais estratégias que têm rendido bons resultados, no alcance de metas e objetivos de cada empresa, estão os gatilhos mentais, que, apesar do nome sugestivo à manipulação, não tem nada a ver com isso. Trata-se, apenas, de encontrar o estímulo certo para surpreender e despertar o interesse da sua persona.

Quer saber um pouquinho mais sobre como aproveitar os gatilhos mentais para enriquecer as suas estratégias? Então confira, aqui, 10 gatilhos mentais para despertar a necessidade de compra do cliente no nosso post de hoje!

O que são gatilhos mentais

A partir de alguma circunstância específica ou evento, é possível gerar as mais variadas emoções nas pessoas, como alegria, ansiedade, motivação e encantamento, entre muitas outras.

E isso, inclusive, não é novidade. Campanhas publicitárias, por exemplo, estão aí há anos, visando impactar o seu consumidor, e fazendo uso de gatilhos mentais o tempo inteiro!

O segredo para fazer bom uso desse gatilho mental é, portanto, encontrar o equilíbrio exato para impactar o maior número de pessoas, e trazendo um elevado número de estímulos positivos nelas.

E podemos fazer isso de diferentes maneiras, uma vez que os gatilhos mentais podem ser ativados a partir de uma variedade ampla de emoções.

A seguir, reunimos 10 delas!

1. Escassez

Trata-se de uma lógica antiga no mercado: quando há escassez de algum produto ou serviço, aumenta o interesse do consumidor. Afinal de contas, estamos acostumados a associar a escassez à valorização de algo. Se muitas pessoas estão de olho em algo, significa que ele pode ser bom para você também.

Com isso, é possível alinhar as suas estratégias, com a jornada do cliente, a partir de um gatilho mental de escassez.

Um exemplo disso: já reparou como muitos e-commerces acrescentam, ao lado da descrição dos seus produtos, a quantidade de itens em estoque ainda? Algo como: “apenas 1 em estoque”. Não desperta interesse em quem está de olho no produto?

2. Urgência

Paralela à escassez, a urgência atua em aliança com um de nossos maiores inimigos: o tempo.

E, se você se considera imune aos galanteios dos gatilhos mentais de urgência, basta se lembrar da febre causada pelos sites de compras coletivas, que gerava muitas compras por impulso com sua contagem regressiva ao lado do botão “compre aqui”.

3. Reciprocidade

A gentileza move as pessoas. E nem precisa ser um gesto capaz de chacoalhar o mundo inteiro. Pequenas gentilezas, no dia a dia, são percebidas por muita gente.

A reciprocidade, como gatilho mental, funciona quando você promove um ato, uma campanha ou uma estratégia sem motivações extras, como amostras grátis, conteúdos gratuitos e qualquer ação que faça o seu consumidor se sentir naturalmente tentado a retribuir o gesto.

4. Curiosidade

A novidade pode despertar, acima de tudo, a curiosidade na sua persona. E isso pode ser explorado de diferentes maneiras!

Produtoras de videogame, por exemplo, têm feito amplo uso das redes sociais para usar teasers de seus futuros lançamentos, fazendo com que as pessoas acessem constantemente suas páginas para conferir se existe alguma nova pista lançada sobre o jogo em questão.

Assim, gradativamente, o público se vê fisgado pela curiosidade. Algo que pode ser levado diretamente à realidade do seu negócio. Experimente!

5. Antecipação

Para o empreendedor, é preferível criar a seguir tendências. O pioneirismo, afinal de contas, é meio caminho andado para o sucesso!

Assim, é possível combinar gatilhos mentais para despertar o interesse do seu público-alvo com a antecipação, como a própria curiosidade. Com mistério e uma revelação de que o seu produto poderá mudar a rotina deles, é possível gerar uma expectativa imensa — e que deverá ser cumprida, lembre-se disso!

6. Porquê

Naturalmente curiosa, a humanidade necessita de explicação para tudo. O que não seria diferente com os seus hábitos de consumo.

Utilizando-se dos gatilhos mentais do porquê, é necessário explicar ao seu cliente os motivos que devem fazê-lo levar o produto. Quando não existe, por que alguém optaria pelo seu produto ou serviço?

7. Autoridade

A imagem de autoridade é imprescindível em qualquer ramo, como também é no marketing digital. Afinal de contas, a produção de um conteúdo de qualidade está atrelada à imagem de autoridade no seu setor de atuação, não é mesmo?

Como funciona este gatilho mental: produza conteúdos diferenciados, seja no seu site, blog, redes sociais, e-books… Tudo isso, feito com direcionamento para o seu público-alvo, é capaz de despertar o interesse neles e reconhecê-lo como autoridade.

8. Relação dor x prazer

Temos a tendência de mais fugir de alguma dor do que buscamos nos aproximar de alguma zona de prazer. Nos negócios, isso se reflete em uma simples questão: ofereça soluções.

Com isso, seu público-alvo irá encontrar facilidades à sua porta, por isso, a maioria das ações de marketing digital buscam levar ao alcance dos usuários soluções para os seus problemas ou dúvidas. Você resolve, eles compram.

9. Prova social

Parecido com o gatilho mental de escassez, a prova social é a evidência de que a massa se deixa levar por uma preferência popular.

Afinal de contas, tendemos a nos deixar levar pela curiosidade, quando muitas pessoas passam a consumir um produto ou serviço novo no mercado.

E sabe como isso pode funcionar no seu negócio? Com links patrocinados, por exemplo, que direcionem o consumidor aos “produtos mais vendidos” de sua loja, relacionados à busca do usuário.

10. Simplicidade

O básico, muitas vezes, é essencial! Afinal de contas, quando não temos tempo de sobra para resolver nossas questões, o máximo de simplicidade, para encurtar o caminho e nos trazer o resultado desejado, pode valer ouro.

No marketing digital, isso funciona com artigos que remetam aos seguintes significados:

  • Passo a passo;
  • O caminho mais curto;
  • A maneira mais simples de…;
  • Um guia rápido e completo…

Esse tipo de conteúdo gera o clique da pessoa em busca de uma solução. Mas, novamente: cumprir o prometido é uma regra.

 

E você, tem mais algum gatilho mental que utilize em suas estratégias? Compartilhe conosco no campo de comentários deste post!

Marketing Digital de Resultados: Como captar clientes pela internet

Você também vai se interessar por: