image Integração do marketing e vendas: aumente o faturamento do seu e-commerce! image 5 métricas para E-Commerce indispensáveis no seu planejamento

7 Ações para implantar o Marketing de Resultados em seu negócio

7-acoes-para-implantar-marketing-de-resultados-negocio

Você já deve ter ouvido falar que os setores de marketing e de vendas são iguais a água e o óleo: por mais que tentemos, eles não se misturam.

As estratégias de marketing digital, entretanto, ajudaram as empresas a aproximarem as áreas, já que essa nova maneira de enxergar e praticar o marketing vai muito além de simplesmente chamar a atenção do seu público-alvo.

Quem não nos deixa mentir é o estudo do Aberdeen Group, que credita um crescimento anual de 20% nas receitas de empresas com as equipes de marketing e vendas alinhadas.

Que tal praticar essa filosofia na sua empresa também? Confira as 7 ações que selecionamos para você implantar o marketing de resultados em seu negócio!

1. Busquem um número comum de leads qualificados

Costuma-se ter um diálogo de dois idiomas diferentes, no que diz respeito ao número de leads qualificados a ser trabalhado.

Uma estratégia interessante pode ser inverter todo o processo, em busca de um denominador comum para marketing e vendas.

Comece, por exemplo, determinando o faturamento que a empresa pretende atingir em um período específico (analisar a concorrência e meses anteriores podem ajudar).

Em seguida, analise o número de vendas necessárias para atingir o faturamento. Com isso, sabe-se a média de leads qualificados a partir de uma análise do número de negócios concretizados por contato realizado.

Viu como não é necessário estabelecer metas impossíveis e que apenas fragmentam a harmonia entre as duas equipes?

2. Explorem os melhores canais de aquisição

Esta é uma etapa que mais diz respeito à equipe de marketing, mas o alinhamento com o setor de vendas é proveitoso, de qualquer maneira.

Aqui, uma excelente ação para render frutos com suas estratégias de marketing digital de resultados é descobrir qual é o canal, ou os canais de aquisição, que mais rendem leads qualificados — e com mais economia.

E como identificar isso?

O setor de vendas pode auxiliar com informações qualitativas, mas a coleta de dados também torna o processo ainda mais eficaz, como:

  • O número de visitantes de acordo com cada canal;
  • Quantos leads são gerados por canal;
  • Quantos clientes foram obtidos por canal;
  • O investimento em cada canal.

Já deve ter dado para perceber que o cruzamento de informações facilita a percepção das melhores oportunidades, não é mesmo?

3. Mantenham contato contínuo

Estabeleçam prazos para fazer a transição de leads entre as equipes, pois um processo agilizado e comprometido garante que o trabalho não seja interrompido.

Da mesma maneira que reuniões periódicas são fundamentais para que o alinhamento nunca saia do tracejado.

Isso sem falar no fato de que, quanto mais informações são compartilhadas, mais colaboração pode existir entre marketing e vendas e os processos seguintes serão realizados com muito mais harmonia.

4. Compartilhem mais

Falamos brevemente sobre compartilhamento de informações, no tópico anterior, mas este é um ponto que merece uma abordagem específica.

Embora estejamos falando de duas equipes com metas distintas, também estamos nos referindo a um objetivo: gerar leads qualificados e vender mais a partir do marketing digital de resultados.

Por isso, o marketing deve transmitir todo tipo de informação que possa auxiliar o setor de vendas, como e-mails e históricos de conversões, enquanto a equipe de vendas deve retornar ao marketing a qualidade dos leads e o estágio das principais negociações.

Quanto mais ambas as equipes souberem, melhor.

5. Planejem um briefing completo

Além do compartilhamento, a filtragem de informações também é essencial para que a estratégia seja a mais assertiva possível.

Algumas informações que não devem faltar, para o setor de vendas:

  • Meios de contato;
  • Avaliação breve do lead;
  • Histórico da empresa;
  • Oportunidades possíveis.

Claro que essas são apenas algumas informações úteis. Dependendo de cada cliente, o marketing deve ter o pensamento crítico afiado para selecionar e repassar ao setor de vendas, desde que seja relevante.

6. Trabalhem o atendimento de vendas

Com um treinamento contínuo, e ideias muito bem definidas, é possível fazer com que o setor de vendas permaneça eficiente e objetivo.

Entre algumas ações que devem ser pensadas e realizadas, destacamos:

  • O tipo de contato e abordagem com os clientes;
  • O número de tentativas de contato por dia;
  • O momento de desistir do lead.

Tudo isso deve ser trabalhado para que o vendedor não seja agressivo e consiga manter o relacionamento com os possíveis clientes, mesmo diante de uma possível negativa.

7. Trabalhem os leads com cuidado

Nem todo lead se transforma, necessariamente, em um cliente.

Nesses casos, o setor de vendas pode devolver o lead para o marketing trabalhar, com o lead, estratégias de marketing digital que o mantenham por perto, até que o momento oportuno de compra apareça.

Ou seja: deixe ambas as equipes orientadas de que, por mais que o momento não seja oportuno, isso não significa que, futuramente, o negócio não possa se concretizar.

Isso exige muita sinergia entre as áreas de marketing e vendas.

Explore as vantagens do marketing de resultados

Uma boa estratégia de marketing de conteúdo fica ainda melhor quando existe sintonia entre as equipes de marketing e de vendas.

Trabalhe essa harmonia, continuamente, e você verá como os resultados vão aparecer com o tempo!

 

Se tiver dúvidas sobre Marketing de Resultados, baixe nosso eBook logo abaixo e deixe um comentário. Estamos à disposição para ajudar sua empresa a integrar marketing e vendas para gerar melhores resultados.

Marketing Digital de Resultados: Como captar clientes pela internet

Você também vai se interessar por: