image Até onde o Facebook vai? A rede social vai permitir chamadas de vídeo em grupo image Geração Z e Millennials, como conquistar a atenção deles

Mídia programática: você sabe o que é isso?

midia-programatica-voce-sabe-o-que-e-isso

Estamos diante de uma época em que a tecnologia tem dominado muitas das tarefas até então feitas por pessoas. O que não significa, necessariamente, que as máquinas venceram – como se vivêssemos um título de ficção científica.

Agora, existe uma sincronia e equilíbrio interessante entre o trabalho tecnológico, operacional, e o humano, mais focado em estratégias. E prova disso é a mídia programática.

Mas o que seria isso e, principalmente, para que serve a mídia programática?

São perguntas comuns e muito pertinentes, considerando que, ainda hoje, o termo é pouco difundido – mesmo que sua popularidade esteja crescendo gradativamente.

Vamos conferir, então, o que seria esse conceito e como a mídia programática auxilia empresas a definir estratégias de propaganda? Basta ler o nosso post de hoje!

midia-programatica-voce-sabe-o-que-e-isso-1

O que é a mídia programática

Ela está em todo lugar, ainda que nós não tenhamos o costume de falar sobre ela. Tratam-se dos espaços nos quais milhares de sites abrem para a compra de mídia. Os chamados publishers.

E o interessante, com a mídia programática, é que o método de comercialização desses espaços difere daqueles com os quais nos habituamos, nas últimas décadas, seja com espaços em mídias impressas, no rádio ou mesmo na TV.

Afinal, no mundo digital, tudo é mais urgente e imediato. Assim, a solução foi contar com os avanços da tecnologia para dispor de um sistema autônomo, capaz de agilizar o processo.

Isso é, portanto, a mídia programática: um processo de negociação por espaços publicitários na internet, sem o elemento humano como negociador, mas um sistema.

Com isso, a compra é mais rápida e existem outras vantagens também, como possibilidades maiores de segmentação, formatos inovadores para os anúncios e resultados mais otimizados.

midia-programatica-voce-sabe-o-que-e-isso-2

Como funciona a mídia programática

O processo automatizado, já mostra um pouco do que falávamos no início do artigo sobre para que serve a mídia programática. Para facilitar o processo de divulgação do seu negócio.

Isso porque essa automatização se dá por meio de um sistema de leilão, basicamente, no qual o anunciante que der o maior lance conquista o espaço desejado. Assim, também deixam de ocorrer equívocos e outros problemas decorrentes do trabalho manual – como era feito anteriormente.

Dessa maneira, todo o trabalho fica mais agilizado e prático, com uma objetividade que só mesmo a tecnologia consegue nos proporcionar atualmente.

Sem falar que as possibilidades de segmentação, entre outros benefícios de personalização da sua estratégia, fazem com que você consiga comprar um espaço virtual realmente impactante para o seu público-alvo.

Aquela velha história do marketing digital, lembra-se? “Atingir as pessoas certas, no momento certo e na hora certa”.

O que torna essa estratégia mais econômica, uma vez que o seu investimento será otimizado para impactar a quem realmente interessa ao seu negócio. Diferentemente dos métodos tradicionais de marketing e publicidade, que valorizavam a quantidade de pessoas impactadas.

A mídia programática prejudica a qualidade do trabalho humano?

Pelo contrário! Como dissemos, a tecnologia tem sido trabalhada de maneira harmônica com a capacidade humana. O que se traduz em mais tempo para otimizar as estratégias e desenvolver campanhas inovadoras para impactar o público-alvo.

Afinal de contas, a mídia programática auxilia empresas a definir estratégias de propaganda, mas não sem o auxílio de um direcionamento dessa campanha. Por isso, estamos apenas removendo da rotina aquilo que pode ser automatizado.

Vale a pena trabalhar nesse equilíbrio entre o digital e o esforço humano, pois tudo o que puder ser automatizado nos processos, abre mais tempo livre para que você e sua equipe possam trabalhar em campanhas mais segmentadas e personalizadas – cada vez mais focadas em resultados.

Sem falar que a mídia programática é mais um avanço em busca dessas ações focadas em resultados, nas quais cada estratégia é pensada para atingir a um público específico. Se você não sabia ainda para que serve a mídia programática, agora já sabe dos seus principais benefícios!

midia-programatica-voce-sabe-o-que-e-isso-3

Amplie seus conhecimentos em inbound marketing

E então, com o que vimos aqui deu para iluminar mais ideias em suas campanhas digitais, pensando em como a mídia programática auxilia empresas a definir estratégias de propaganda?

Caso queira aprofundar mais os seus conhecimentos no assunto, gerando mais oportunidades para o seu negócio, convidamos você a baixar, gratuitamente, o nosso e-book: Guia de Inbound Marketing para Empresas!

Até a próxima!

inbound-marketing-para-empresas

Você também vai se interessar por: