image Quais os títulos que geram mais engajamento? image Visualizações do Facebook: como conseguir?

    Já se incomodou com vendedor de loja? Saiba como melhorar!

    Você sabia que 4 entre 10 clientes se incomodam com o vendedor de loja?

    Saiba que essa não é uma especulação ou um achismo baseado em opiniões pessoais. A pesquisa Futuro do Varejo” mostrou que 39% dos consumidores brasileiros se incomodam com os vendedores. E, justamente por isso, estão preferindo comprar pela internet do que nas lojas físicas.

    Apesar de ser uma boa notícia para quem está investindo no mercado de e-commerce, a pesquisa aponta um dado alarmante. Se o varejo não mudar a sua postura logo, as lojas vão começar a ficar cada vez mais vazias!

     http://pages.onflag.com.br/ebook-inbound-marketing-para-empresas

    O vendedor de loja como o seu grande obstáculo de vendas

    ja-se-incomodou-com-vendedor-de-loja-saiba-como-melhorar

    Antigamente, era muito comum os consumidores irem até as lojas para experimentar os produtos e ouvir a opinião dos vendedores. Nessa época, os vendedores eram vistos como verdadeiros consultores que podiam tirar todas as dúvidas a respeito dos produtos e facilitar a compra.

    Nos dias de hoje, no entanto, o perfil do consumidor brasileiro está muito diferente.

    A internet fez com que a informação fosse difundida rapidamente. E não é à toa que a mesma pesquisa também apontou 54% dos consumidores usam os smartphones dentro das lojas para verem avaliações de outros clientes.

    Além disso, 67% também recorrem aos celulares para comparar os preços antes de comprar. Isso significa que a presença do vendedor de loja não apenas está se tornando obsoleta, como também uma grande pedra no caminho para vender mais.

    Essa situação tem volta?

    ja-se-incomodou-com-vendedor-de-loja-saiba-como-melhorar-1

    Se o consumidor tem preferido comprar pela internet e o vendedor de loja está ganhando a terrível fama de “chato”, será que é possível reverter esse cenário?

    A resposta para essa pergunta, felizmente, é “sim”. No entanto, você vai precisar mudar alguns paradigmas no seu negócio e investir em treinamento constante dos vendedores.

    1. A pressa é a inimiga da venda

    Não há nada mais inconveniente do que ser abordado antes de entrar em uma loja ou cedo demais. Isso está bem longe de ser uma estratégia efetiva e é um dos grandes motivos pelos quais o vendedor de loja tem incomodado tanto os clientes.

    Para o cliente ser conquistado e não sentir o seu espaço pessoal ser invadido, o vendedor precisa começar a entender melhor o perfil daqueles que frequentam a loja.

    Para isso, é preciso observar em quais produtos o cliente dedicou um pouco mais de tempo para ver e abordá-lo apenas depois em que ele estiver dentro da loja.

    O vendedor deve mostrar que está à disposição para tirar dúvidas ou buscar produtos, mas sempre deixar o cliente a vontade. Caso haja abertura, aí sim o vendedor pode começar a sugerir produtos e se aproximar mais.

    2. Pense no espaço físico da sua loja

    Outro ponto importante é tornar a sua loja mais agradável e valorizar os produtos para que os vendedores se tornem apenas um apoio em caso de dúvidas.

    Para isso, vale pensar na disposição dos produtos de acordo com o caminho que o cliente faz dentro da loja. Coloque os produtos mais vendidos ou em promoção tanto na entrada (para fazer as pessoas entrarem) quanto nas áreas com menos circulação (para fazerem as pessoas andarem por toda a loja).

    Apostar em uma música ambiente e em um aroma agradável para a sua loja também pode fazer toda a diferença. Quanto mais tempo você fizer o cliente ficar no espaço, maiores serão as chances de ele comprar.

    Por fim, vale analisar se as metas que você está colocando para os seus vendedores não estão fazendo com que eles se tornem invasivos demais. Lembre-se de que o vendedor de loja tem que ser um aliado para incentivar a compra por impulso, e não um obstáculo de vendas.

    Ficou surpreso com o resultado dessa pesquisa ou gostaria de relatar a sua vivência no varejo? Deixe um comentário para que possamos trocar experiências e debater sobre o tema!