image Marketing de Produto: conectando produtos e pessoas image Como utilizar o machine learning para aprimorar suas campanhas de marketing?

    Você tem uma boa taxa de abertura de e-mails?

    Quem começa a mergulhar no mundo do marketing digital e do e-mail marketing percebe logo a importâncias das métricas. Saber fazer é importante, mas isso não basta. É necessário também saber medir e analisar os resultados obtidos para tomar as decisões certas.

    A tarefa de medir e analisar nem sempre é muito fácil, afinal, para um determinado resultado ser considerado bom ou ruim, é necessário um ponto de referência. Partindo desse ponto, um resultado inferior será ruim, e um resultado superior, será considerado bom.

    Mas quando se trata de e-mails, qual é o ponto de referência? Como sei que a taxa de abertura dos e-mails da minha campanha é boa ou ruim? E que estratégia pode ser usada para melhorar a taxa de abertura dos e-mails enviados? Para essas e outras informações, continue lendo o post!

    voce-tem-uma-boa-taxa-de-abertura-de-e-mails-2

    Por que é importante ter uma estratégia de e-mail marketing?

    De acordo com estudo divulgado pela McKinsey & Company, os funcionários de empresas passam, em média, 13 horas da sua jornada semanal de trabalho conferindo sua caixa de entrada. Além disso, de acordo com dados divulgados pela MarketingSherpa, 72% dos consumidores consideram o e-mail como o melhor canal para receber comunicações de empresas e marcas.

    Se isso não te convenceu ainda da importância do e-mail marketing, vai mais um dado. Segundo a CampaignMonitor, um e-mail é em média 40 vezes mais efetivo para obter novos clientes do que redes sociais como Facebook e Twitter. Se muito se fala sobre a importância de se investir em presença nas redes sociais, depois desses dados, você já pode ter a certeza que o e-mail marketing também não pode estar de fora do seu plano de marketing.

    Não há como ignorar este canal na sua estratégia de marketing digital. Ao contrário do que alguns costumam dizer, o e-mail marketing está firme e forte e vêm se mostrado como uma ferramenta bastante efetiva para atingir os objetivos de marketing das empresas.

    Existe uma boa taxa de abertura de e-mails padrão?

    De modo bastante geral, podemos classificar o desempenho da taxa de abertura da seguinte forma:

    • Muito bom: acima de 20%
    • Bom: entre 10 e 20%
    • Regular: entre 6 e 10%
    • Ruim: abaixo de 6%

    Mas todas as taxas acima podem ser consideradas muito baixas se o e-mail for um comunicado interno para seus atuais clientes, que, em tese, estão bastante interessados em saber de alguma mudança na prestação dos seus serviços.

    É preciso avaliar também o tipo de e-mail, de público, horário, dia, período do ano e uma série de outras questões ao avaliar se a taxa atual é boa ou não.

    voce-tem-uma-boa-taxa-de-abertura-de-e-mails-1

    De que forma o desempenho esperado na abertura de e-mails pode variar?

    A taxa de abertura de e-mails, para que seja considerada boa, pode variar de acordo com muitos fatores, que podem fazer com que as taxas que mencionamos acima sejam consideradas baixas. Os fatores abaixo podem influenciar nesse sentido:

    • E-mail marketing tradicional: se seus e-mails vendem produtos ou anunciam serviços, as taxas já citadas são a média do esperado;
    • E-mail de relacionamento (Inbound): se o e-mail traz um conteúdo gratuito, resumo de posts, dica de artigo ou similar, as taxas ideais citadas sobem de 5 a 10%;
    • E-mail transacional: e-mails que identificam transações (cadastros realizados, compras feitas e similares) tem uma taxa média de abertura bastante alta e são boas oportunidades para ações de marketing. O estimado para um bom resultado é em torno de 70%;
    • Setor da sua empresa: setores menos relacionados à internet e tecnologia possuem historicamente um resultado inferior nas campanhas de e-mail marketing;
    • Sazonalidade do seu produto ou negócio: e-mails de divulgação de pacotes de viagens, por exemplo, apresentam maior abertura próximo a feriados e períodos de férias coletivas. Sua empresa deve levar a sazonalidade dos seus serviços e produtos em consideração;
    • Horário de envio: o horário de envio dos e-mails pode influenciar muito em sua abertura. Geralmente, dias da semana e horário comercial tem melhores resultados. Dentro desse período, no entanto, os resultados também podem variar muito. O ideal é analisar o comportamento de seu público, testar horários e dias diferentes.
    • Segmentação do seu público: e-mails enviados com assuntos voltados para listas segmentadas costumam ter um resultado bem superior a e-mails enviados para listas mais gerais. É uma boa estratégia segmentar seus públicos de acordo com seus interesses, assim você pode obter melhores resultados.

    Crie seu benchmarking

    Sua empresa pode, por meio de testes e avaliação de resultados, descobrir qual é a melhor taxa para seus e-mails. Embora existam alguns padrões, não é saudável para seu marketing que você pense: “alcancei um bom resultado” ou “posso ficar tranquilo pois a taxa de abertura está na média”.

    Colete as taxas de abertura avaliando de acordo com os fatores mencionados aqui. Você poderá, aos poucos, descobrir informações bastante relevantes para sua estratégia de e-mail marketing, como qual o dia ou horário de maior abertura, qual tipo de assunto funciona mais para determinado dia e horário, e por aí vai. A melhor estratégia em e-mail marketing é superar seus próprios resultados.

    Tem alguma dúvida sobre e-mail marketing ou quer compartilhar alguma experiência sua nesse sentido? Comente aqui!

    Se você quer saber mais sobre e-mail marketing e outras estratégias para captar clientes, baixe agora mesmo gratuitamente o nosso e-book Introdução ao E-mail Marketing!

    Introdução-ao-email-marketing