image Quais são os benefícios do Marketing de Conteúdo para sua empresa. image Saiba como vender pelo WhatsApp Business em 10 passos

Como fazer Marketing Digital para serviços

Como fazer Marketing Digital para serviços

A internet trouxe uma ampla possibilidade de divulgar seu negócio para pessoas do país inteiro. São ferramentas e recursos — muitos deles, gratuitos — que ajudam seu negócio a chegar mais perto do cliente e a criar um relacionamento com ele. No entanto, vemos muitas estratégias voltadas a produtos. Será, então, possível fazer marketing digital para serviços?

Por mais que as estratégias online chamem muita atenção para produtos, é possível fazer um planejamento completo de marketing digital para serviços. Veja 7 dicas indispensáveis:

7 dicas para fazer marketing digital para serviços

Confira o que não pode faltar no seu planejamento de marketing digital:

1. Mostre seu trabalho

Um fator importante no marketing digital para serviços é a possibilidade de mostrar seu trabalho na prática. Recursos como os stories do Instagram, por exemplo, permitem que o dono do perfil mostre um pouco do dia a dia do seu negócio. É uma forma de mostrar como uma empresa ou um trabalho funciona.

A importância do TCLE

Se você é arquiteto ou engenheiro, por exemplo, quer mostrar como ocorre uma obra ou o antes e depois de uma reforma. Já quem trabalha com estética vai mostrar o cliente de uma forma ainda mais explícita. Mas antes de mostrar qualquer imagem do tipo, é importante que ele autorize essa exibição.

A autorização impede que o cliente reclame de uma exibição não autorizada. Com o documento, você tem como provar que ambas as partes estavam de acordo. Portanto, antes de qualquer postagem que mostrem terceiros que não fazem parte da sua companhia, peça para que eles assinem ao termo de consentimento livre e esclarecido (TCLE). A empresa e cada participante devem ficar com uma cópia.

2. Ensine sobre seu segmento

Mais do que mostrar sobre sua atuação, ensinar sobre a importância dela é um das maiores vantagens do marketing digital para serviços. Quanto mais o potencial cliente entende sobre seu negócio, mais dá importância ao que você faz e, claro, ao valor que cobra.

Um blog e um perfil no Instagram, por exemplo, permitem que você se aprofunde mais no seu negócio. Nas fotos do feed, você pode usar o espaço da legenda para explicar um conceito relacionado ao serviço que presta. Já no blog, é possível abordar os temas de maneira mais densa.

3. Descubra o que seus clientes querem saber

Como fazer Marketing Digital para serviços

Antes de abordar assuntos relacionados ao seu segmento, é preciso saber o que, de fato, seu cliente tem curiosidade de saber. Isso pode ser feito por meio de pesquisas de palavras-chave no Google Trends e em outras ferramentas do tipo. Até mesmo a enquete ou a caixa de perguntas dos stories pode ajudar nisso: de maneira rápida e direta, você terá diferentes respostas dos seus seguidores.

4. Defina seu cliente ideal

Seu serviço não deve ser oferecido para qualquer pessoa — afinal, quem vende para todo mundo não vende para ninguém. Isso não significa rejeitar clientes de forma alguma, mas todo o marketing digital para serviços deve ser focado em um perfil de cliente. É o que chamamos de persona, ou seja, o arquétipo de seu cliente ideal.

O conceito de persona é tão específico que ela recebe até nome, idade e profissão. Toda a comunicação e as estratégias elaboradas são pensadas nela. Por isso, esse perfil deve ser de fácil acesso a todos, para que não se esqueçam das características principais dele.

Então, o que uma persona precisa ter?

  • nome, idade e sexo;
  • profissão e renda;
  • região e tipo de moradia (vive sozinho ou com a família? Tem animais?)
  • status civil;
  • hobbies e estilo de vida;
  • hábitos, crenças e desafios;
  • tempo de consumo de internet e principais redes utilizadas;
  • seus influenciadores;
  • quais tecnologias utiliza;
  • onde costuma buscar informações;
  • critérios de decisão na hora da escolha entre um arquiteto e outro;
  • quais suas principais “dores” (problemas) relacionadas à arquitetura.

Parece trabalhoso, mas quanto mais informações você tiver, mais precisa será sua persona.

É importante lembrar que um prestador de serviços pode ter mais de uma persona, mas o ideal que o número não passe de três. Se você presta serviços a uma empresa, também pode fazer uma persona dela, mas com adaptações voltadas à pessoa jurídica.

5. Produza conteúdos ricos

Tanto no marketing digital para serviços quanto para o de produtos, a moeda-chave para atrair e fidelizar seguidores é o conteúdo. Se ele percebe valor nos textos, imagens, podcasts e vídeos que você produz, vai seguir e até compartilhar seu perfil com outras pessoas.

O interessante é oferecer além do que o seguidor está esperando. Então, coloque também na sua estratégia a produção de materiais ricos, como e-books e webinars, em que você pode se aprofundar ainda mais em um determinado assunto.

6. Invista em publicidade paga

Como fazer Marketing Digital para serviços

Sabe quando você precisa de um determinado serviço e procura no Google por alguém que faça algo do tipo por perto? Por exemplo: você quer começar a praticar artes marciais e escreve no buscador “jiu-jitsu São Paulo”. Os resultados mostrarão as academias e instrutores mais próximos ao seu endereço. Isso também é marketing digital para serviços.

Quando os resultados aparecem com “anúncio” ao lado escrito em verde, significa que o dono do negócio investiu em publicidade paga. Isso ajuda a obter resultados mais rápidos para o seu negócio, pois atinge um público que está realmente interessado no seu serviço.

Outros tipos de publicidade paga são os anúncios em redes sociais. Cada uma delas tem uma ferramenta de produção de anúncios. Você pode criar do zero ou impulsionar uma publicação já existente. O mais interessante é que todas elas têm também a opção de criar perfil de usuário para o qual você pretende enviar o anúncio. Assim, o impulsionamento fica mais preciso.

7. Procure ajuda

Um planejamento de marketing digital para serviços demanda tempo e estratégia. Como visto, há vários recursos para você explorar e encontrar seu potencial cliente. Mas não precisa fazer tudo sozinho.

Uma agência de marketing digital conta com especialistas que entendem de estratégias voltadas para serviços. Há pessoas responsáveis pela produção do conteúdo, tratamento de imagens, criação de identidade visual, monitoramento de redes sociais, criação de postagens pagas e muito mais.

Outra vantagem é que você não precisa contratar o pacote completo: pode começar por uma determinada estratégia e, quando vir resultados, investir em mais outra.

Viu como é possível fazer marketing digital para serviços? Para mais dicas de marketing, vendas e mídias digitais, assine a newsletter da Onflag!